segunda-feira, 4 de junho de 2012

Sera que te amo?

Eu não te amo, mais...



O vento sempre retorna a bater em meu rosto e trazer seu cheiro para mim, será que eu estou ficando louca ou isso é o destino resolvendo me torturar com a falta que você me faz? Sabe não é que você é o amor da minha vida, mais você se tornou parte dela, é como se você comesse um pedaço de maçã, ela foi arrancada, e nada vai substituir aquele pedaço. Sabe... eu até sinto sua falta e o jeito que você me conhece, me conhece até demais, sabe todas as qualidades defeitos, e eu ainda sei aquela cara que você faz quando esta mentindo. Sim sei aquela que você modifica a boca e entorta ela do jeito fofinho. E você ainda me chama de louca ou mãe Diná se eu falo que tenho certeza que você esta mentindo que é uma certeza, claro.

Você trás consigo o cheiro de casa e o conforto em seus braços, contigo eu sei que posso ser eu mesma, sem ter medo de pagar mico, ou qualquer outro tipo de humilhação publica, sei lá. Não é amor, é um costume, costume de ter você do meu lado, é como dormi sem coberta, você não quer ela, mais sabe que se ficar sem irá ficar com frio. Sabe, não é que eu te quero, é que sinto saudade do seu jeito. Você sempre escolhia água com gás e eu um vinho doce, você escolhia cinema e eu sair ao luar e fazer um piquenique noturno, éramos tão opostos não? Você definitivamente me completava, mais sabe, será que tudo isso era amor? Não sei o que você me diz? Suas blusas ainda esta em casa, e não estou com vontade de devolvê-las eu posso parecer seca na sua frente, mais sabe... Eu sinto sua falta. Você era meu melhor amigo, e olha só namoramos por um ano, caraca! Quanto tempo ein! Ainda lembro do nosso primeiro beijo, era voltando da aula e eu dormi no seu ombro dentro do onibos e você me roubou um beijo enquanto eu “dormia. Lembro quando eu ganhei você, todas eram caidinhas pelo seu charme, e eu ganhei, sem entrar em nenhuma disputa, ou será que você que me ganhou? Não sei, não tem mais tempo de saber, já acabou, já era, que fique no passado o que é passado. Hoje realmente espero que você seja feliz. Eu não estou sofrendo, por que eu não te amo, mais estou que nem uma maçã.

2 comentários:

Obrigada por comentar *-*