segunda-feira, 23 de julho de 2012

Para uma pessoa especial

Um texto sem sentido...






Sabe quando você se sente protegida e amada? Não é amor de pais, é um amor diferente é um amor que você nem ao menos sabe como começou. Sabe o que é mais engraçado? Que não é paixão, é um sentimento forte e fora do comum. É a vontade de estar nos braços da pessoa amada mesmo fazendo 30 segundos que ela saio do seu lado, é ser feliz, é se sentir feliz. É saber que mil sentimentos passam na sua cabeça. E sabe, um bom amigo, é um bom namorado, um bom companheiro, um bom marido, um bom amante... é tudo que precisamos em uma pessoa só. E sabe, o mais interessante é que se não tivesse os defeitos que tem, eu não iria gostar tanto, pessoa perfeita é sem graça. Eu amo seus defeitos, eu amo suas qualidades, amo as birras que você faz mesmo querendo de socar a cara. E fico puta da vida quando você me faz sorrir mesmo quando quero demonstrar meu ciumes. Sabe é esse o tipo de sentimentos que nos faz entrar em êxtase, e não nós faz se sentir " a garota dele" nós faz sentir mulher, que pode amar e pode ser amada. As vezes ficamos com  ciumes descontroladas, inseguras e pensamos zilhões de coisas. Mais isso não é falta de segurança, as vezes aconteceu tanta coisa ruim que temos medo de sofrer novamente e ter uma decepção, ou temos medo de perde. Não é que nós não acreditamos no nosso taco, não é isso. É que não somos tão bela como a Megan Fox, nem tão engraçada como a Dani Calabresa muito menos gostosas que nem as paniket do panico, somos apenas nós, talvez seja idiotice eu pensar desse modo, mais é desse modo que muitas garotas pensam, sentimos inseguras por não ser perfeita e saber que tem mulheres com menos defeitos que o nossos. 


O mundo nós trás muitas surpresas, as vezes aquele cara que a gente tanto gosta não gosta da gente, mais sabe o por que disso? Por que ele não é o cara certo. Eu posso dizer que encontrei o meu garoto, que vai passar o resto da vida comigo pelo sentimento que possuo, pelo menos espero isso.

Estilo de roupas

As franjas em roupas voltaram...


As franjas estão aparecendo por todos os lados. Saias, shorts, calças, blusas, coletes, jaquetas, acessórios e sapatos ganharam os recortes pendurados super estilosos. Tendência da década de 1970 e algumas informações e referências da década de 1920, as franjas apareceram em peso nas coleções de muitas marcas na temporada de verão 2011. Para o verão 2012, as marcas desfilaram peças com muitas franjas dando corda para o estilo setentinha. Quer entrar na onda das franjas e não sabe como começar? Veja alguns looks com peças franjadas e escolha qual estilo combina com você.


Blusas com Franjas 





Bolsas de franjas





 Colar de franjas






 Colete de franja 




 Jaquetas de  Franja





Saias de franja




 Sapatos de franja





 Shorts de franja




 Casacos de lã de Franja




 Vestidos de franja 





Som da semana

Não tem coisa melhor do que uma semana com belas músicas ...




Hoje, tire um tempo pra você, coloque sua música preferida, vista a roupa com qual você se sente melhor, sorria para todos (Até para quem lhe olha com ódio); Preste atenção ao Sol, as Nuvens, ao Vento, se estiver perto mergulhe no Mar, Contemple as estrelas no céu, Ande descalço, Se perca no olhar de uma criança, Veja toda doçura no sorriso de uma mãe.



Where Have you Been -  Rihanna 






Titanium Feat. Sia - David  Guetta 







Paradise - Coldplay






Payphone - Maroon 5 






Call Me Maybe - Carly Rae Jepsen 






Criminal - Britney Spears 






Glad You Came - The Wanted 







Amor não correspondido

Pode demorar mais passa...






Olhe, não fique assim, não. Vai passar. Eu sei que dói. É horrível. Eu sei que parece que você não vai aguentar, mas aguenta. Sei que parece que vai explodir, mas não explode. Sei que dá vontade de abrir um zíper nas costas e sair do corpo, porque dentro da gente, nesse momento, não é um bom lugar para se estar. Dor é assim mesmo; arde, depois passa. Que bom. Aliás, a vida é assim; arde, depois passa. Que pena. A gente acha que não vai aguentar, mas aguenta; as dores da vida. Pense assim: agora está insuportável, agora você queria abrir o zíper, sair do corpo, encarnar numa samambaia, virar um paralelepípedo ou qualquer coisa inanimada, anestesiada, silenciosa. Mas agora já passou. Agora já é dez segundos depois da frase passada. Sua dor já é dez segundos menor do que duas linhas atrás. Você acha que não, porque esperar a dor passar é como olhar um transatlântico no horizonte, estando na praia. Ele parece parado, mas aí você desvia o olho, toma um picolé, lê uma revista, dá um pulo no mar e, quando vai ver, o barco já tá lá longe. A sua dor agora, essa fogueira na sua barriga, essa sensação de que pegaram sua traquéia e seu estômago e torceram como uma toalha molhada, isso tudo - é difícil de acreditar, eu sei - vai virar só uma memória, um pequeno ponto negro diluído num imenso mar de memórias. Levante-se daí, vá tomar um picolé, ler uma revista, dar um pulo no mar. Quando você for ver, passou. Agora não dá mesmo pra ser feliz. É impossível. Mas quem disse que a gente tem que ser feliz sempre? Isso é bobagem. É melhor viver do que ser feliz. Porque pra viver de verdade a gente tem que quebrar a cara. Tem que tentar e não conseguir. Achar que vai dar e ver que não deu. Querer muito e não alcançar. Ter e perder. Tem que ter coragem de olhar no fundo dos olhos de alguém que a gente ama e dizer uma coisa terrível, mas que tem que ser dita. Tem que ter coragem de olhar no fundo dos olhos de alguém que a gente ama e ouvir uma coisa terrível, mas que tem que ser ouvida. A vida é incontornável. A gente perde, leva porrada, é passado pra trás, cai. Dói, ai, eu sei como dói. Mas passa. Tá vendo a felicidade ali na frente? Não, você não tá vendo porque tem uma montanha de dor na sua frente. Continue andando. Você vai subir, vai sentir frio lá em cima, cansaço. Vai querer desistir, mas não vai desistir, porque você é forte e porque, depois do topo, a montanha começa a diminuir e o único jeito de deixá-la pra trás é continuar andando. Você vai ser feliz. Tá vendo essa dor que agora samba no seu peito de salto alto agulha? Você ainda vai olhá-la no fundo dos olhos e rir da cara dela. Juro que tô falando a verdade. Eu não minto. Vai passar