sexta-feira, 1 de junho de 2012

Momento baby

O tempo passa e um dia gente cresce...




Infelizmente a gente cresce. Quem não gostaria de ter novamente seus 10 anos de idade, assistir todos os desenhos da Disney, e sempre desejar ser a Cinderela? Ficar brincando de comidinha com barro e dar para as bonecas? Fechar o ralo do banheiro com a esperança que dentro do Box vire uma piscina? Fazer cabana no beliche?

Nossa infância esta se tornando cada vez mais longe ao longo dos anos que se passa, com isso vem mais liberdade e mais responsabilidades, mais amigos falsos e poucos verdadeiros, escola, faculdade, curso, trabalho, dever de cassa N-O-S-S-A! É para qualquer um ficar louco com uma parada dessas.

Ser criança é desejar, sonhar e acreditar que voar é possível se tiver asas. Criança é pura e honesta e tem apenas desejos de ser aquele personagem animado preferido.

Mais infelizmente temos que crescer, temos que criar responsabilidade e aprender a voar sem ter nossa mãe para nos acompanhar no voo. Mais sabe o que é mais interessante? Que quando temos nossos 10 aninhos, queremos ter 18. Para frequenta aquela balada que o irmão mais velho vai, ou pode sair com os amigos e chegar no outro dia. E quando temos nossos 18 anos, vamos para qualquer role que nossos país deixam, depois chegar em casa cansada de ressaca e ainda ter que estudar pro vestibular, ou pior, estudar e ter que trabalhar. E desejamos tanto ser aquele pirralho de antigamente que não lavava louça e recebia o beijinho da mãe sempre antes de dormi.

Conforme o tempo passa a gente deixa de lado coisas que nós se importávamos loucamente, e coisa que a gente se importava deixou de lado. Não é que nós queiramos mudar, é que a vida nos obriga, Fazemos novos amigos, usamos roupas diferentes e até o nosso quarto muda de estilo.
 Quando você é criança você é tão ingênuo a ponto de achar que ser adulto é uma coisa legal. Então STOP! Deixe sua criança interior agir às vezes ela pode fazer surpresas na sua vida, e fazer uma história incrível em um momento inesquecível.

Um comentário:

  1. Mas são muito poucos os 'adultos' que deixam suas crianças assumirem a rédea na vida, nem que seja por um pouquinho de tempo só...
    Abraços!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar *-*