quarta-feira, 13 de junho de 2012

Amor, esquecido amor

Desaparece, me esquece, me deixe em paz...




Por que quando meu corpo se acostuma com ausência do seu você volta a me incomodar? Por que quando minha cabeça já não encosta mais no teu peito e meus ouvidos não escuta mais o teu coração você retorta no nada para querer me seduzir? Quando eu penso que arrumei minha vida, você volta para deixar minha cabeça mais confusa do que a bagunça em meu guarda-roupa, ainda sinto aquele frio na barriga dês daquele dia que me parou na rua para pedir meu telefone. Irônico o destino né? Nós que pensávamos que tudo iria dar certo, que seria que nem nos filmes de romance, coisas inesperadas, momentos diferentes, passeios espontâneos e tudo totalmente fora do comum. Era isso o que eu mais gostava em você, tudo que você fazia por mim era fora do comum, inesperado e  surpreendedor. Mais quando você olhou em meus olhos e disse que não tinha ficado com ela, meu mundo desabou. Eu sei que a gente não tinha um relacionamento sério, mas você era meu e eu era sua. E eu sabia que você tinha ficado com ela, eu tinha certeza, mais você resolveu mentir para mim, mesmo sabendo que eu odeio mentiras.

Então depois de uns dias separados você resolve me mandar mensagens, você pirou? Por que fez isso? Faz meu coração bater tão forte que eu tenho vontade de ter você comigo e te matar. Deixe-me ir, não me perturbe mais, meu sentimentos te pertence, mais a razão não, mas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar *-*