segunda-feira, 2 de julho de 2012

Saudade

Eu sinto saudades...






Alguém aí pode me dizer como faz pra deixar lá trás uma saudade que não se pode mais recuperar? Porque eu não aguento mais ter que lembrar do tempo que eu era tão feliz, do tempo que eu não precisava de muita gente pra me fazer sorrir, do tempo em que minha mãe sabia me dar carinho de verdade e que meu pai se preocupava se eu estava com frio ou com calor durante a noite. Tenho tanta vontade de voltar a ter quatro, cinco anos de idade… Sei que essa é a vontade de muita gente por aí, e que todos daríamos tudo para poder realiza-la. Só que ainda não inventaram máquina do tempo não é? Quer dizer, nada daquelas coisas grandes e barulhentas que fazem você viajar no tempo e reviver tudo de novo, podendo mudar umas coisas aqui, olhar outras ali, chorar mais um pouco, sorrir mais ainda… A única máquina que ainda temos pra fazer reviver o passado é a nossa própria memória e o nosso coração. Quando eles trabalham juntos parece que nada mais importa, parece que realmente a gente deixa tudo do agora e volta a ser quem eramos antigamente. É incrível nossa capacidade de reviver as coisas dentro da nossa mente né? E o coração, como é que ele consegue ter tanto controle sobre nossas emoções assim, hein? Como é que ele consegue guardar tantos sentimentos tão contrários uns aos outros, como ele consegue guardar essa dor de perda eterna? Eu não sei como funcionamos, se somos produto de todas as nossas lembranças ou se tudo o que acontece no hoje, é apenas um passo para o futuro. Não quero saber desvendar essas coisas, só quero saber se alguém por aí, sabe como faz pra se livrar dessa dor! Porque, eu não suporto mais lembrar de como eu era feliz e deixei tudo isso escapar pelas minhas mãos, como eu permitir que essa brisa leve com cheiro de limonada e algodão doce passasse por mim tão rápido. Por favor vida, me trás de volta minha inocência, minha vontade de viver intensamente e tira de mim essa dor de perda? Eu não aguento mais ter que depender de lembranças

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar *-*